sexta-feira, 1 de junho de 2012

O verão da minha infância

Quando se cresce numa cidade junto ao rio, é inevitável ter recordações dos muitos dias de praia.
Houve episódios engraçados, como aquele em havia juntávamos um grupo de amigos e cantávamos o dia todo, contagiando os que estavam ao nosso lado ( mesmo adultos) e o dia terminava com uns 20 membros a mais do que quando começou, ou mesmo os mais enervantes, como quando a minha irmã numero 2 se lembrou se seguir a correr um senhor que fazia o seu exercício, deixando a minha mãe em pânico por não saber dela.
Ainda esta semana ao ver a minha filha travar amizade com uma menina na praia, comentei com o meu marido como eu tinha a mesma capacidade de fazer amigos, ainda hoje tenho, todos os dias tinha uma amiga nova, ás reencontrava-a outras vezes não.

Os dias de praia eram passados na antiga Tróia, comprava-se as ultimas coisas no Delta, e estendíamos a toalha umas vezes ao pé da Bola de Nivea, outras debaixo dos pinheiros, neste ultimo caso lembro-me de picar os pés todos!
Nessa altura as pessoas mesmo sem se conhecerem tocavam conversas, e ás vezes até o farnel.
Hoje já não é bem assim...infelizmente!

Lembro-me também de uma vez o meu pai ter tirado as calças quando chegou à praia, e de ter as pernas todas riscadas, porque no dia anterior tínhamos estado na macaquice e ele nunca mais se lembrou...
Nessa altura não tínhamos carro, mas a minha mãe nunca deixou de fazer praia connosco, levava três filhas pela mão e ás ainda mais uma amiga minha e como nós adorava-mos isso...

Lembro-me de nunca pagar bilhete no barco...dizia ao fiscal "a minha mãe está ali !" ...sabia lá ele quem era a minha mãe....eram centenas a entrar para o barco!! No tempo em que um bilhete não custava uma refeição!

Hoje temos tantos comodismos e mesmo assim desperdiçamos tempo...
Não tive a infância mais feliz do mundo...vi coisas que não era suposto...mas prefiro lembrar-me das coisas boas, e abafar as outras...e talvez seja por isso que os Verões da minha infância, são recordados com um sorriso :)




4 comentários:

Ângela Almeida disse...

É bom recordar com sorrisos :)
Kiss

Mamã Petra disse...

As recordações e os momentos felizes que vivemos são o melhor que temos e levamos da vida.

Beijinhos

Turista disse...

Querida Erva, e são as memória boas que devemos guardar e propagar! As outras devemos "abafar", como tu bem o dizes.
Gostei das partes, em que falas de como fazias a travessia de barco sem pagar bilhete e da tua facilidade de arranjar amigos, paras tuas brincadeiras de praia. :)

Anita disse...

lembro-me tao bem, das sombras, e la iamos nos la para baixo à hora de almoço e la ficavamos ate ser mais tarde.
adorava.